Você sabe tudo precisa sobre a celulite?

A celulite na verdade é uma inflamação crônica, caracterizada por gordura aprisionada nos tecidos, dificultando a renovação celular. A inflamação ainda reduz as atividades funcionais das células dos tecidos dérmico e subcutâneo, comprimindo vasos sanguíneos e linfáticos e causando não apenas a celulite como também a deposição de gordura em diversas células, a acne, a flacidez e o envelhecimento precoce.

Algumas mulheres mesmo sendo magras, com baixo percentual de gordura corporal e que fazem dietas de baixa caloria também sofrem com a celulite. Isso acontece devido aos processos inflamatórios desencadeados por uma combinação de maus hábitos alimentares, sedentarismo e herança genética.

O problema maior está na escolha errada dos alimentos. Diferente do que a maioria imagina, o alimento de baixao valor calórico como os light e diet não são necessariamnte benéficos ao organismo, pelo contrario. Frequentemente alimentos pouco calóricos apresentam um teor tóxico tão elevado - oriundo de corantes, conservantes, agrotóxicos, fertilizantes, metais pesados, hormônios e medicamentos - que acabam promovendo maior ganho de peso do que alimentos ricos em energia, mas dotados de propriedades funcionais anti-inflamatórias e antioxidantes. Nesse sentido, o consumo de gelatina dietética pode realmente engordar mais do que o de abacate, por exemplo.

Outros exemplos de alimentos que aumentam o processo inflamatório são os embutidos, como o peito de peru - muito freqüente nas dietas de baixa calorias, carnes gordas, leite integral, doces, refrigerantes, alimentos refinados, enlatados e produtos industrializados em geral. Esses itens também tendem a acidificar o nosso organismo e para estar em equilíbrio e reduzir a produção de substâncias inflamatórias, o pH sanguíneo precisa manter a alcalinidade.

Onde encontramos nutrientes com alto potencial anti-inflamatório? No abacate e azeite extravirgem de oliva (gordura monoinsaturada), sardinha, salmão, sementes de linhaça e chia (ácidos graxos essenciais, os famosos ômegas) e frutas, hortaliças, leguminosas e produtos com cereais integrais na composição (carboidratos de baixo índice glicêmico, vitaminas e minerais).

Já os compostos bioativos com ação anti-inflamatória podem ser encontrados por exemplo nas uvas (resveratrol), frutas vermelhas (antocianinas), romã e amora-preta (ácido elágico), chá verde (catequinas), maçã e frutas cítricas (quercetina), tomate, melancia e goiaba (licopeno), gengibre (gingerol), azeite de oliva (tirosol), crucíferas como brócolos e couve-flor (indol-3-carbinol e sulforafano), cúrcuma (curcumina), pimenta-vermelha (capsaicina), própolis e hortaliças (apigenina) e na soja (genisteína).

Portanto, no combate à celulite ou à qualquer disfunção de natureza inflamatória recomenda-se consumir uma porção de alimentos anti-inflamatórios a cada três horas, realizando ao longo do dia uma dieta rica em peixes, frutas, hortaliças, cereais integrais, leguminosas, mel, raízes, sementes, especiarias e ervas aromáticas.

Daniela Carvalho - Nutricionista Funcional e Esportiva.

Bride Fit

Bride Fit, São Paulo SP, Brasil

A Bride Fit é uma empresa de personal trainers especializada em atender noivas. Nossa missão é ajudar a realizar o sonho da noiva que deseja casar na sua melhor forma física, sentindo-se linda, confiante e confortável no dia do seu casamento, usando o vestido mais importante da sua vida: o de noiva!